segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Reflexões Matinais.

“Na vida só existem dois caminhos e ambos levam a lugar algum, mas só um tem coração."
(Don Juan - A Erva do Diabo, Carlos Castanheda) 

Ouvi que sou agressiva. 
Ouvi que não sei me relacionar. 
Ouvi que não sei falar elegantemente. 
Ouvi que sou mal educada. 
Ouvi que nunca viram nada disso em mim.
Ouvi que não devo usar roupas curtas. 
Ouvi que sou estupida. 
Ouvi que sou nova demais. 
Ouvi que não sei fazer amor. 
Pois bem, me digam como faço tudo isso: com farinha, água, ovos e manteiga?! Me moldo com moldes como uma dama pra quem? Pra esse monte de gente que só procura formas pra me colocar? Eu não sei se é esse meu interesse imediato. Talvez eu realmente seja nova demais e vocês conservadores e caretas demais. Talvez seja por isso que o platonismo reina todos os dias e horas e segundos. O platonismo entre a realidade e os desejos latentes. Sabe a realidade? Então, ela nunca condiz com o que se passa dentro das nossas cabeças.

Soube dia desses que você pediria abrigo. Eu te cederia abrigo. Eu me cederia para você. 
Soube, dia desses, que você procurou por outras. Eu te ajudo a tê-las. Eu me daria pra você.
Soube, dia desses, que eu sou fantástica, mas você não quer alguém fantástico, você quer alguém 'bonzinho'. Eu te deixo ir pra elas. Eu não tenho tempo de ser boa assim.
Soube dia desses que sou a morena de alguém. Eu ignoro tal paradoxo. Eu sou de ninguém.

'O amor é a força mais abstrata e também a mais potente que existe no mundo.'


Eu não sei mais se isso é verdade. Eu não sou mais de verdade. Pra que eu fique aqui, nesse mundo de potencias e abstrações, preciso ser diferente do que sou. Preciso ser quadrada e comportada. Preciso me portar de forma a ser subjugada. Preciso me deixar ser pisada. Preciso acatar a situações intolerantes. Preciso me vestir com vestidos inebriantes.
Eu não quero ser assim, e por isso, ouvi dia desses 'mas você é sozinha'. 
Talvez eu seja. Talvez eu nem queira. Talvez isso seja uma consequencia dos limites que nem são exatamente meus.
Sai da zona de conforto. Não sei mais entrar. Não me deixarão mais entrar. 

'Vocês estão muito mal informados - influenciados por jornalzinho e televisão...'


25/11/2013 

Nenhum comentário:

Postar um comentário