terça-feira, 18 de junho de 2013

estou parcialmente de volta, pode?!



Pata Quebrada.
Ela deve estar pensando 'ih, apaixonou'.
Mas ai eu me pergunto, e quando não?!
Me apaixono assim pelo tesão do momento.
Me apaixono assim pela insônia presente.
Me apaixono assim, meio sem jeito, com a pata quebrada, com a mente engessada, com os problemas por ai, assim.

Sabe o que acontece?! Sinto falta de escrever.
E por me sentir mais livre e mais solta de um lado, me prendi de outro - acho que o nome disso é carência.
E eu falo demais. Bebo demais. Brinco demais. Reajo de menos - broncas desnecessárias, eu já sei qual meu maior problema (além da pata quebrada).
Você bem que podia me ver de novo, sem me dar esse trabalho de pensar se você quer ou não ser encontrada. E se me pedirem pra deixar fluir e deixar ir, eu não deixo. Sou 8 e 80, não sou extremos mas não os deixo de ser.
As palavras me agradam, as comidas me agradam, e podem me agradar também seus jogos se eu puder participar.
Me deixem gritar!
E acho que no fundo só queria escrever;
E falar para alguém sobre você.

17/18-06-2013

Nenhum comentário:

Postar um comentário