sexta-feira, 3 de setembro de 2010

nada pessoal (:

mais uma vez eu me perdi dentro de mim
ai, eu desconheço...
são pessoas, heteronimos que reagem dentro de um ser passivo e lascivo, eu não sei qual pesa mais nessa minha balança!
o que eu quero ser?!
quem eu quero ter?!
pra quem eu vou cantar!?
me encante, querida! me machuque, me delicie...
PROVE!
eu não sei mesmo se meu gosto é bom ou ruim, então prove..
e eu não faço questão de saber sua opinião.
talvez eu seja assim, depende apenas de mim.
talvez eu seja bem menos, ou bem mais.
talvez eu exceda, talvez eu transpasse, talvez eu seja um exagero e toda a minha gloria seja uma mentira repleta de sono...
eu não quero mais ter borboletas no estomago!
não quero mais ter alucinações
eu não quero mais esse descerto de emoções, nem esse oceano de sentimentalismo!
eu quero dormir mais uma vez. quero voltar para minha cama sedenta de mim e dormir...
e quando eu acordar, por favor, esteja ao meu lado, seja minha tanto quanto a lua é do mar
porque eu sou sua tanto quanto as estrelas são do céu que você observa toda noite, esquece de mim, mas eu lembro dos seus olhos.
Ah! esses olhos que me engolem toda noite, fixos em fotografias e imagens que sorriram sem ao menos saber que um dia sorririam pra mim...
e sabe o que mais me dói?! saber que todas essas palavras ditas a tanto tempo nunca serão lidas por você
e esse meu maior objetivo não passa de um sonho tão mesquinho e egoista.
sabe, querida!? o que mais me dói é te amar dessa forma enlouquecedora e nem ao menos poder te abraçar....
e eu te amo a ponto de deixar minhas luvas para esquentar suas mãos!


Nenhum comentário:

Postar um comentário