sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Nada pessoal: VOLTEI (:

É sempre no lugar que a gente menos espera
Sempre quando a gente não está preparado...
Mas pra quê esperar mais?
Pra quê viver se preparado para uma surpresa?!
Não me deixe saber, meu Deus! Não me deixe saber o que está por vir...
Eu gosto de encontros casuais, gosto de encomendas não minhas
Fissuras? Mandamentos? Obrigações?
Até então elas me excitam, e eu adoro ficar excitada!
Adoro ter orgasmos com o que a vida me entrega de mãos beijadas
Sim! É espontaneo, e eu gosto disso também...
Quando as coisas saem de controle e eu não tenho hora para dormir
Adoro essas coisas pequenas que me fazem rir ou chorar, sozinha.
E quando (sozinha) eu escrevo a minha história, eu sozinha me surpreendo... Ou me decepciono!
Mas se eu posso me surpreender pra quê me decepcionar?!
Tristeza não tem vez no meu vocábulo literal ou moral.
Dentro de mim existe apenas o que eu gosto e o que eu quero, o que eu permito.
Use óculos escuros de noite, por que não!?
Use casaco de frio em pleno verão, por que não!?
Use boné ao invés de gravata!
Invente, crie modos e moda. Autentique a sua personagem!
Crie personalidades que briguem entre si, e nunca façam as pazes, para que assim você possa ser flexível, mas jamais maleável.
Aumente a letra, aumente o texto, exija mais som
Seja ambicioso em relação suas vontades e nunca deixe seus desejos ficarem apenas em você...
Os transborde, os transpasse! Fique embreagado com muito menos do que seu mínimo.
E então, o que me diz de um teste? Digamos que você não pode me ver, mas está aqui do meu lado, sentindo todo o calor das minhas mãos esquentar a sua face enrubecida... Ainda assim, sem poder hipoteticamente, me ver ainda assim, você pode enxergar seu sorriso apaixonado?
Mesmo com todo e qualquer (técnico) impecílio você alcança meus olhos até o seu?
Porque, mesmo você longe de mim eu posso enxergar suas cores, experimentar sabores que até os seus desconhecem
E saber que você ainda guarda os fonemas entregues por mim, já basta....

10-9

2 comentários:

  1. aaa minha linda Brisa.. como gostaria de estar nesta leve ou eu poderia dizer conturbada Brisa que é você..
    Conheço você tão pouco.. leio cada palavra tua e a cada dia me vejo feliz por você escrever!
    Os dias que você passa na rua, são tão lindos com o teu sorriso o teu OI!

    Algum dia gostaria de sentir está tua intensa BRISA!
    Beiijos

    ResponderExcluir
  2. Ah.. deveria ser proibido me deixar curiosa! sou contra o anonimato. rsrsrsrs

    ResponderExcluir