quinta-feira, 20 de maio de 2010

nada pessoal (:

vontade.. de acender um cigarro e deixar que a fumaça esquente as minhas mãos.
na falta da sua boca beijando meus dedos, eu quero um cigarro, esse que você não fumava e agora sei que traga pensando em nós duas.
idiota por não ter comunicado que ficaria por mais algumas horas.. elas não são poucas, afinal, somos feitas disso.
nosso momento que ficou pra trás, que ficou naquele beijo e agora está elipsado.
esconda-o no horizonte para que eu siga esse meu desejo e pare mesmo por ali; para que eu pare nesse código indecifrável que eu te tatuei.
está tão estampado assim!? essa angustia está tão soberba que transborda pelos olhos e canto da boca?
SENSAÇÕES ORGASMICAS!
eu olhei a lua ontem de noite, bebi um café frio e senti o vento na minha nuca - quase todo o mesmo cenário, mas faltou sua mão na minha cintura, seu hálito na minha orelha repetindo o quanto somos idiotas!
foi apenas tudo isso que faltou (a minha estrela), porque fora isso a peça está completa.

2 comentários:

  1. :O como sempre escrevendo mto bem, acho que agora, só po aqui mesmo pra eu poder ter o przer de ler algo seu! ^^ ainda gosto mto de fazer isso! rsrsrs :)

    ResponderExcluir
  2. hahahahahahahah foi a Andrea que deixou comentário ali! rs ;)

    ResponderExcluir